Estudo Bíblico - Os erros doutrinários e bíblicos do filme Nosso lar.

Estudo Bíblico - Os erros doutrinários e bíblicos do filme Nosso lar.

Um filme que tem feito muito sucesso entre os brasileiros ultimamente é Nosso Lar. Contudo, ao se fazer uma analise doutrinaria no que tange ao comportamento humano e com base nas sagradas escrituras, percebe-se, que  o filme estabelece crenças fracas e doutrinas por demais permissivas, como lhes mostrarei nos comentários finais.
Nosso Lar é um filme de longa metragem brasileiro, dirigido e roteirizado por Wagner de Assis, baseado na obra homônima escrita por André Luiz e psicografada pelo médium Chico Xavier.
O ator que representa André Luiz, o personagem principal da história, é Renato Prieto. O filme conta com alguns atores e atrizes bastante conhecidos da teledramaturgia brasileira como Othon Bastos, Ana Rosa e Paulo Goulart, dentre outros. Tendo sido gravado durante os meses de julho, agosto e setembro de 2009 em locações no Rio de Janeiro e Brasília, foi lançado em 3 de setembro de 2010, tendo alcançado um público de 1.6 milhão de espectadores em 10 dias de exibição.
Desenhos minuciosos e detalhados do mapa da cidade "Nosso Lar" assim como a arquitetura das edificações, ministérios e casas, foram criados pela médium Heigorina Cunha através de suas observações realizadas durante suas saídas do corpo (desdobramento) em março de 1979, conduzidas e orientadas pelo espírito Lucius. Seus desenhos foram esclarecidos e confirmados por Chico Xavier de que se tratava realmente da cidade “Nosso Lar” e mais tarde serviram de inspiração para criar o visual arquitetônico da cidade que se vê no filme

Sinopse

Ao despertar no Mundo Espiritual, André Luiz se depara com criaturas assustadoras e sombrias vivendo, juntamente com ele, neste lugar escuro e sombrio. Além disso, ele também se assusta por perceber que apesar de ter "morrido" ele ainda continua vivo e ainda sente fome, sede, frio e outras sensações materiais. Após um longo período de sofrimento ele é recolhido dessa zona de sofrimento e purgação de falhas do passado por espíritos do bem e é levado para a Colônia Espiritual Nosso Lar, de onde surge o nome do filme. A partir desse momento ele começa a conhecer melhor a vida no além-túmulo e a aprender lições e adquirir conhecimentos que mudarão completamente o seu modo de enxergar a vida.
Tendo então tomado consciência de que está desencarnado (morto), sente imensa vontade de voltar à Terra para visitar e rever parentes próximos de quem guarda imensa saudade. Entretanto, como narra a sinopse do site oficial do filme, isso acontece só para que ele perceba "a grande verdade - a vida continua para todos"
Conclusão: Parece a Parábola do Rico e de Lazaro, a diferença é que na bíblia foi lhe negado o direito de voltar para seus parentes.
Com isso aprendemos uma doutrina mais sólida, ou seja, temos que fazer certo agora, pois não haverá segunda chance.
Se os homens começarem a criar doutrinas que oferece chance de recuperação até depois da morte, não haverá mais necessidade de melhorar no presente, pois segundo a doutrina sutilmente ensinada no dito filme, pode se passar do “Inferno” para o “céu” mesmo após a morte e ainda voltar a viver para corrigir os erros praticados.
E isso é muito irresponsável por parte de seu “Chico”. Pois qualquer doutrina que abra a possibilidade de errar a vontade e morrer e ainda ter uma chance de refazer as coisas, ninguém vai se preocupar mais.
Um doutrina sólida ensina que não teremos segunda chance, e que o que tivermos que fazer de bem a pessoas que amamos e até aos nossos inimigos, teremos de fazer agora, hoje. Com esta doutrina, não daremos ocasião para que pessoas vivam de qualquer forma pensando na possibilidade de um concerto depois da morte.
Já pensou se fosse dado o direito a Hitler ou Nero, voltar a concertar o monte de erros que ele cometeu. Quantos Neros e Hitlers teremos?.
“Chico” devia ter sido mais responsável a respeito do comportamento humano, nas suas ilusões acabou por criar uma seria de deturpações das escrituras e erros de sentimentos humanos universais que ira perdurar por séculos nas mentes e corações incautos.

Deixo o meu desabafo e conselho: Amigo, não deixe para concertar as coisas na vida após a morte, concerte hoje mesmo, aqui e agora, você só terá uma chance de fazer o bem, uma única chance.

Att. Pr. D. Barbosa.

Diz a Bíblia em Hebreus 9:27 que o homem está ordenado a morrer uma só vez, vindo depois o juízo...

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.