O ADULTÉRIO ATRAVÉS DA INTERNET.


O ADULTÉRIO ATRAVÉS DA INTERNET.

Senhor, tu me sondaste, e me conheces – Sl 139:1

Quando lemos em Daniel 12:4 – ...que no final dos tempos o saber se multiplicaria – os avanços da medicina vem a nós como a principal lembrança. Se noticia hoje em dia que, praticamente, não se morre mais de AIDS (Síndrome de Imuno- Deficiência Adquirida) e que com o mapeamento genético levantado no grande projeto Genoma, muitas doenças irão sumir da história dos males que assolaram os povos dos séculos XX e início do XXI.
No entanto, quero tratar neste artigo, de um outro avanço que é pouco comentado, por se tratar de um assunto restrito a poucos, devido à difusão elitizada entre os cristãos atuais. Talvez, quando você irmão ou irmã começar a ler estas palavras, possa até se desinteressar pelo assunto, mas posso lhe assegurar que o mesmo atinge, principalmente seus esposos e esposas. Satanás nunca apresenta sua verdadeira face, ele sempre se mostra como anjo de luz. Ele sempre se disfarça atrás de uma filosofia bonita para atrair e enganar multidões; ele sempre apresenta-se como um rapaz bonito para destruir a vida de uma mulher casada ou muitas vezes como uma moça bonita para destruir o lar de um pai de família. Se realmente se apresentasse como verdadeiramente é, muitos saberiam se defender de suas investidas. Na tecnologia, ele não deixaria de lado sua principal artimanha e apresenta-se a todos, crentes e descrentes, com muita naturalidade através da Internet.
Há milhares de chats (salas de bate-papo) disponíveis a quem quiser freqüentar, onde se pode marcar encontros, falar de coisas fúteis, coisas proveitosas, mas também pode-se viver constantemente contrário à vontade de Deus, cometendo adultérios e destruindo casamentos. Segundo o dicionário da língua portuguesa, a palavra Adultério vem do Lat. Adulteriu e significa: violação da fé conjugal; infidelidade conjugal; falsificação; adulteração... e isso é coisa fácil de se cometer quando se “navega” na grande rede. Em qualquer ponto do mundo pode-se encontrar alguém, cometer a infidelidade conjugal, trocar confissões, marcar encontros e realizar orgias virtuais, manter uma esposa em casa e muitas outras, paralelas, pelo mundo a fora e isso, com a maior naturalidade, pois é muito fácil e é, como já disse antes, um assunto reservado e do conhecimento de poucos.
Por trabalhar com informática a mais de 14 anos e por fazer manutenções em microcomputadores de amigos e estranhos, sempre, durante os trabalhos, tenho a possibilidade de “enxergar” por onde o internauta tem andado. Não é difícil perceber que a Internet é utilizada quase sempre para a perversidade. Numa ocasião, mesmo sem saber, tive o desprazer de desfazer o noivado de um  amigo, pois durante a manutenção de seu micro, constatei um número grande de visitas à páginas pornográficas femininas (sites com fotos de homens nus). A princípio, pela nossa aproximação e amizade, o indaguei sobre as referidas visitas e ele, terminantemente, negou tudo, mas a princípio ficou muito chateado com o assunto. Mais tarde fiquei sabendo que o mesmo havia emprestado o computador para sua noiva e a manutenção que eu estava fazendo era para que a máquina pudesse ser utilizada no seu trabalho. Tal experiência me marcou, pois sei que nesse instante, tem muitos irmãos e irmãs lendo este artigo e passando por situações semelhantes. Enquanto suas esposas ou esposos dormem, enquanto o sono “não chega”, muitas visitas semelhantes aos da noiva do meu amigo, são feitas com alguns “cliques do mouse”.
Realmente, o inimigo não mostra a sua verdadeira face e como está escrito em Jó 1:7 e 2:2, ele vive rodeando e passeando pela terra.  Em
I Pe 5:8 somos advertidos: Sede sóbrios; vigiai  porque o diabo,  vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;  De uma simples pesquisa num site de busca (google®, yahoo®, cadê®...), podemos, quando conectados à internet, sermos conduzidos ao paraíso do inimigo. Devemos lembrar que o Senhor tudo vê – Sl 139 – independente de se estar sozinho na frente do computador na madrugada ou com um amigo que já está entregue a essa vida há muito tempo, em cujo coração não há mais remorso ou arrependimento. Saia desta situação, lute contra ela, é fácil dar um “clique” no X da janela e escapar como José escapou da mulher do Faraó.
Deixo um recado à esposa e ao esposo; estejam sempre próximos um do outro, observem-se a si mesmo, preencham-se em tudo, não deixe o “soldado ferido morrer”, como diz o cântico. Ficar sozinho na frente de um computador pela madrugada, significa que algo precisa ser renovado no seu casamento. Pois há muitos feridos, e que no silêncio da noite clamam por ajuda e proteção, lutam mas não vencem, pois lutam sozinhos, não apelam para Jesus e para o seu cônjuge, e nem se quer é notado pelo mesmo – marido/mulher – que está ferido espiritualmente e precisando de urgente ajuda.


Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.