[Versículo Diário] Cristão "rabo de porco".

(2 Corintios. 9:7) - Deus ama ao que dá com alegria.

Fred Paton, discorrendo sobre o trabalho missionário em New Hebridges, comentava sobre a indiferença dos cristãos de Matmissa em relação às necessidades do trabalho local.

Em uma de suas pregações, ele citou um costume pagão de Epi, onde, em seus sacrifícios de porcos, os homens sagrados costumavam cortar o rabo do porco e apresentá-lo aos espíritos como sua parte no banquete.

O resto eles mantinham para uso pessoal.

O pregador enfatizou, em seu sermão, que Deus não quer cristãos "RABO DE PORCO."
O notável apelido foi captado pela imaginação nativa e passou a fazer parte de sua fala diária.

Nós, como cristãos, o que temos oferecido ao Senhor?

Temos aberto o coração para dar o nosso melhor ou entregamos aquilo que nos sobra, que não nos faz falta, que julgamos ser dispensável para nós?

Reconhecemos que tudo o que somos e temos são bênçãos dadas por Deus e regozijamo-nos quando lhe entregamos uma pequena parte como prova de nosso amor e gratidão ou relutamos em cooperar com Sua obra, seja com nosso dinheiro ou com o nosso tempo?

Deus nos deu o que havia de mais precioso: seu Filho Jesus Cristo.

Ele nos amou mesmo sem o merecermos.

Ele se coloca, 24 horas por dia, de braços abertos para nos acolher, abençoar e conduzir às vitórias almejadas.

Não deveríamos nós fazer o mesmo em relação a Ele?

Até que ponto mostramos satisfação em levar a Sua Palavra aos necessitados?

Em que grau tem sido o nosso compromisso junto aos perdidos?

Ficamos alheios às coisas de Deus ou elas têm sido prioritárias em nossas atitudes?

Você tem sido uma bênção nas mãos de Deus ou coloca-se entre os cristãos "rabo de porco?”

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.