A Chamada de Josué.

A CHAMADA (Js 1.2)

"... dispõe-te agora..." foi o que ordenou a Josué, a fim de que ele conduzisse os filhos de Israel à terra prometida, após a morte de Moisés. Vemos que, nesta ordenança, Deus vai direto ao ponto. Ele é claro e objetivo na relação de sua vontade para nossa vida (quando estamos realmente interessados nisto!). Vale notar que diante de um coração inclinado à obediência, mas por vezes receoso, Ele diz:"...ninguém te poderá resistir...serei contigo... "Js 1.5. "...sê forte e corajoso..." Js 1.7. Nosso Deus é de coragem e fortaleza! Deus é também companheiro e amigo ao alertar que, para termos sucesso por onde quer que andemos, devemos atentar para sua palavra SI 1.8,9. Este é um dos grandes segredos da vitória! Confiante na fidelidade da Palavra de Deus, Josué atendeu a chamada, baseando-se não sua "inteligência", mas nas instruções do seu chefe, Deus.

A PASSAGEM DO JORDÃO (Js 3)

Este capítulo reforça que, para vencermos qualquer dificuldade, devemos buscar o contato permanente com Deus e a amizade com ele por intermédio da oração e da separação de tudo o que nos constrange diante d'Ele Js 3.5.   Com esta conduta veremos maravilhas! A arca simbolizava a presença santa de Deus em poder no meio do seu povo. Logo, devemos conservar a presença de Deus em nossa vida, acima de todo e qualquer interesse que possamos ter! Dependemos dela para nossa sobrevivência espiritual SI 12.1 -2.


Na chamada, percebemos que Deus presenteia com firmeza, e coragem a todo aquele que Ele chama. Na passagem do Jordão, percebemos que Ele abre caminhos quando não vemos saída e na queda das muralhas de Jericó, aprendemos que os obstáculos que aparecem, são destruídos com a presença do poder de Deus (a arca), pela obediência e pelo louvor contínuo. Aplique esta lição em sua vida. As coisas mudarão!

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.