O MEDO E A DÚVIDA ANIQUILAM A FÉ E IMPEDEM OS MILAGRES ACONTECEREM


O MEDO E A DÚVIDA ANIQUILAM A FÉ E IMPEDEM OS MILAGRES ACONTECEREM

O medo (pavor, pânico, tremor, receio, dúvida, insegurança, aflição, calafrios, susto, etc) é sinônimo de incredulidade (falta de fé), pois quem tem fé não tem medo, receio, dúvida, incerteza, ... A fé, pelo contrário, gera coragem, confiança, esperança, credibilidade, certeza, paciência, firmeza, segurança, ... pois:

II Timóteo 1:7 – “Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.”

Marcos 5:36 – “E Jesus, tendo ouvido estas palavras, disse ao principal da sinagoga: Não temas, crê somente.”

Lucas 8:50 – ‘Jesus, porém, ouvindo-o, respondeu-lhe, dizendo: Não temas; crê somente, e será salva.”

Mateus 14:25-31 – “Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.
E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.
Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.
E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.
E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.
Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!
E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?”

Mateus 21:21 – “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito;”

Marcos 11:23 – “Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.”

 Tiago 1:6 – “Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.”


Satanás é um “agitador de moitas”, ou seja, ele vive tentando nos pregar sustos, peças, ciladas ... para que tenhamos medo, ou seja, para que não tenhamos fé. Satanás tenta nos fazer desacreditar na Palavra de Deus e acreditarmos nas palavras dele, dos homens, da ciência, dos filósofos, da carne, dos olhos carnais, da lógica e sabedoria deste mundo, do racionamento humano ... pois o medo gera mais medo, que gera ainda mais medo e assim vai à perdição, derrota, destruição ....

Quanto mais tentamos fugir da situação que nos dá medo, pavor, tremor, arrepios, calafrios, inseguranças ... mais forças damos a esse mal e menos fé vamos tendo. Cada vez que cedemos ao medo (incredulidade), mais ele se torna mais forte sobre nós e menos temos fé, culminando num medo crônico (plena incredulidade, ceticismo) e a total ausência de fé.

Tudo depende da atitude (ação, comportamento) que temos diante do medo ou da situação que nos proporciona o medo. O medo se alimenta e se fortalece com a nossa fuga, omissão, negligência, recuo, retirada, passivismo, ... A ação vence o medo.

Já, pelo contrário, se enfrentamos, encaramos, “arregaçamos as mangas”, “tocamos o barco pra frente”, resistimos, lutamos, nos mantemos firmes ... cada vez mais o medo se enfraquece até sumir totalmente e cada vez mais nossa fé/confiança cresce e fortalece. Ao enfrentar o medo ele desaparece, some, morre, extingue, ....

A fé/confiança é como a luz e o medo é como as trevas, assim luz e trevas não se misturam, não combinam, não se harmonizam, não convivem conjuntas ...., pois onde a luz brilha as trevas recuam, onde há luz não há trevas. É impossível as duas co-existirem no mesmo lugar. Ou se tem a luz ou se tem as trevas, pois uma aniquila, anula, expele, repele, afasta ... a outra.

Tiago 4:7 – “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”

O único meio de vencer e superar o medo é enfrentando-o de  frente, cara à cara, sem rodeios ... ao invés de ficar contornando. Procure sempre enfrentar o medo. A contramão da resolução do problema é a esquiva, a fuga, as desculpas, os desvios, evitar a situação que o provoca .... O mais importante é enfrentar a situação, mesmo que seja um passo de cada vez, dando passos graduais do lento para o difícil, trabalhando numa hierarquia. Mesmo que seja por alguns minutos. Por exemplo, quem tem medo de água, permaneça por alguns minutos com a água nos pés, depois até o joelho e assim por diante. Uma hora a pessoa acaba conseguindo. Com a exposição você corrige a distorção cognitiva e muda o seu comportamento. O principal é aprender a enfrentar o medo, e não evitá-lo. Enfrentar o medo, é acreditar que vai dar certo!

A pessoa corajosa é aquela que tem coragem de enfrentar o medo que habita em seu interior. Quando decidimos enfrentar o medo, ele se transforma numa energia que nos movimenta, nos impulsiona em direção ao que queremos (vitória).

Para diminuir o medo, você deve primeiro enfrentá-lo. O centésimo salto de pára-quedas ou palestra não será tão traumático como a primeira. A melhor forma de controlar o medo é através da combinação de lógica e bravura. Logicamente, maioria das pessoas que saltam de aviões ou dão palestras não morrem por causa disso. Eles são bem sucedidos através do preparo. Se o equipamento está bom e o treinamento está completo, você está pronto para saltar. Se sua palestra é cuidadosamente planejada e praticada, você está pronto para falar.

Junte-se a pessoas confiantes. Você tem procurado muitas pessoas que já fizeram o que você tem medo de fazer. Agora, faça o que elas fizeram. A coragem cresce com a ação. O medo é aprendido e deve ser desaprendido. Depois de enfrentar o medo você se sentirá estimulado. Sem medo não pode existir a coragem. O medo proporciona a oportunidade de ser valente.

Para vencer a timidez, é necessário enfrentar essas previsões "catastróficas", que na maioria das vezes não têm fundamentos reais, e as situações temidas. Imaginar que tudo sempre vai dar errado tem relação com o medo que a pessoa sente de ser mal avaliada pelo grupo com quem convive. Para superá-lo, o tímido deve aprender a avaliar a si mesmo de forma realista. Todos nós temos qualidades, e aprender a enxergá-las é um bom primeiro passo para uma percepção mais correta de nossas possibilidades.

Se não puder enfrentá-lo, procure pensar em algo bom para evitar os efeitos de "fuga" ou, pelo menos, fique a par desses efeitos. Você pode contornar um problema ou procurar fazer alguma coisa construtiva para resolvê-lo.  Um dos maiores erros que uma pessoa pode cometer é tratar os efeitos, sem ter consciência de que estes são conseqüências.  Procure então descobrir a verdadeira causa.

Pensamento gera sentimento que gera comportamento. É essencial aprender a policiar  nossos pensamentos, escolhendo os mais agradáveis.

Não tenha medo de ninguém. A melhor forma de se enfrentar o medo é encará-lo. Durante a sua vida na escola, trabalho ou qualquer meio social, você vai ter que conviver com alguém que estará em um posição hierárquica acima de você. Este alguém poderá ser um líder justo, autoritário, ignorante, legal, perverso, etc... Nunca demonstre medo, mostre a sua competência com firmeza.



Quando o povo de Deus estava com o Faraó do Egito e seu exército atrás deles e pela frente havia o Mar Vermelho, eles, aflitos, clamaram por socorro a Deus e Deus simplesmente os mandou terem fé e continuarem a marcharem pra frente.

A Bíblia está repleta da frase “não temas” dita por Deus aos seus filhos.

Salmos 91:5 – “Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,”

 Mateus 17:7 – “E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo.”

 I Pedro 3:14 – “Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis;”

 Deuteronômio 20:8 – “E continuarão os oficiais a falar ao povo, dizendo: Qual é o homem medroso e de coração tímido? Vá, e torne-se à sua casa, para que o coração de seus irmãos não se derreta como o seu coração.”

Juízes 7:3 – “Agora, pois, apregoa aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for medroso e tímido, volte, e retire-se apressadamente das montanhas de Gileade. Então voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram.”

Jeremias 10:5 – “São como a palmeira, obra torneada, porém não podem falar; certamente são levados, porquanto não podem andar. Não tenhais receio deles, pois não podem fazer mal, nem tampouco têm poder de fazer bem.”

I João 4:18 – “No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.”

João 14:27 – “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.”

Lucas 1:74 – “De conceder-nos que, Libertados da mão de nossos inimigos, o serviríamos sem temor,”

 Deuteronômio 20:3-4 – “E dir-lhe-á: Ouvi, ó Israel, hoje vos achegais à peleja contra os vossos inimigos; não se amoleça o vosso coração: não temais nem tremais, nem vos aterrorizeis diante deles,
Pois o SENHOR vosso Deus é o que vai convosco, a pelejar contra os vossos inimigos, para salvar-vos.”



Isaías 35:3-4 – “Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes.
Dizei aos turbados de coração: Sede fortes, não temais; eis que o vosso Deus virá com vingança, com recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará.”

Tiago 2:19 – “Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem.”

 I Crônicas 22:13 – “Então prosperarás, se tiveres cuidado de cumprir os estatutos e os juízos, que o SENHOR mandou a Moisés acerca de Israel; esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem tenhas pavor.”

I Crônicas 28:20 – “E disse Davi a Salomão seu filho: Esforça-te e tem bom ânimo, e faze a obra; não temas, nem te apavores; porque o SENHOR Deus, meu Deus, há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará, até que acabes toda a obra do serviço da casa do SENHOR.”

 Provérbios 3:24-26 - “Quando te deitares, não temerás; ao contrário, o teu sono será suave ao te deitares.
Não temas o pavor repentino, nem a investida dos perversos quando vier.
Porque o SENHOR será a tua esperança; guardará os teus pés de serem capturados.”

Gênesis 15:1 – “DEPOIS destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.”

Gênesis 21:17 – “E ouviu Deus a voz do menino, e bradou o anjo de Deus a Agar desde os céus, e disse-lhe: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino desde o lugar onde está.”

 Gênesis 26:24 – “E apareceu-lhe o SENHOR naquela mesma noite, e disse: Eu sou o Deus de Abraão teu pai; não temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua descendência por amor de Abraão meu servo.”

 Êxodo 20:20 – “E disse Moisés ao povo: Não temais, Deus veio para vos provar, e para que o seu temor esteja diante de vós, afim de que não pequeis.”

 Números 14:9 – “Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR, e não temais o povo dessa terra, porquanto são eles nosso pão; retirou-se deles o seu amparo, e o SENHOR é conosco; não os temais.”


 Deuteronômio 3:22 – “Não os temais, porque o SENHOR vosso Deus é o que peleja por vós.”

 Deuteronômio 31:6 – “Esforçai-vos, e animai-vos; não temais, nem vos espanteis diante deles; porque o SENHOR teu Deus é o que vai contigo; não te deixará nem te desamparará.”

 Josué 1:9 – “Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.”

 Isaías 41:10 – “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.”

 Mateus 10:28 – ‘E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.”

Lucas 12:4-5 – “E digo-vos, amigos meus: Não temais os que matam o corpo e, depois, não têm mais que fazer.
Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei.”

Apocalipse 2:10 – “Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.”

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.