VINHO INEBRIANTE

No Velho Testamento há duas palavras hebraicas geralmente empregadas para
designar o vinho: YAYIN, que se refere a suco fermentado de uvas e TIROSH,
que se refere a vinho doce, fresco, sem fermento, não alcoolizado.
Por exemplo, no Salmo 104:15; Provérbios 20:1; Isaías 5:11 e Habacuque 2:5,
se emprega a palavra YAYIN, vinho fermentado. Há um caso curioso em Isaías
25:6, sobre vinho purificado, sem borras. Era um vinho que devia ser filtrado
antes de ser usado.

A palavra TIROSH geralmente designa suco de uvas ou outras frutas, embora,
algumas vezes e raramente, indica mosto, que é o suco em fase de
fermentação.
Assim em Gên. 27:37; Números 18:12. etc.
Outra bebida intoxicante mencionada no Velho Testamento é o SHEKAR, feito de
grãos fermentados, mel ou tâmara. É geralmente traduzido por "bebida forte".

No Novo Testamento há três palavras gregas que são traduzidas por "vinho". A
mais usada é OINOS; as duas outras palavras são empregadas apenas uma vez,
fazendo alusão ao vinho fermentado (em Lucas 1:15 e Atos 2:13).

OINOS pode tanto se referir à bebida inebriante como ao suco de uvas ou
xarope.
Esse xarope era obtido pela fervura do suco até tornar-se como o mel, e
então guardado em vasos para uso futuro. Numa região de clima quente, essa era a
forma de conservar o derivado de uva para consumo posterior, sem que ocorresse a
fermentação.

Como a palavra grega não define se o vinho era fermentado ou não, com muito
bom senso deve-se considerar o contexto em que a palavra se encontra. No casa do
casamento em Caná da Galiléia, por exemplo, é inconcebível que Jesus, após o
recebimento do Espírito Santo, haja em Seu primeiro milagre, produzido
bebidas alcóolicas, pois elas são, segundo a Bíblia o maior oponente da vida do
Espírito. Efésios 5:18 diz: "Não vos embriagueis com vinho, no qual há
dissolução, mas enchei-vos do Espírito".
Tampouco, em hipótese alguma, Cristo, o Senhor da vida, produziria vinho
fermentado ou o usaria na Ceia, pois a fermentação representa uma corrupção
da bebida natural (fermento é símbolo do pecado), e isso arruinaria o símbolo

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.