“Depois que vocês tiverem sofrido... Deus… os confirmará.” – 1 Pedro 5:10



Stephanie Voiland escreveu: “Minha amiga... passou meses procurando emprego, e como sua procura não se transformou em um contracheque, ela ficou desanimada. No entanto... ela se recusou a anestesiar a dor da espera... Ela fez um jejum de TV, crendo que Deus lhe havia dado esse tempo para refletir sobre para onde estava indo. Durante aqueles meses dolorosos, Deus se mostrou de maneiras mais profundas que uma oferta de emprego. Ela procurava uma maneira de se sustentar; Ele lhe ensinou um novo nível de dependência Dele. Enquanto ela esperava pelo telefonema de um empregador em potencial, Deus falava à sua alma... Ela procurava um ‘deus-gênio da lâmpada’ que atendesse instantaneamente às suas necessidades; Deus a impressionou revelando que Ele é maior do que ela poderia imaginar. Finalmente, ela conseguiu um emprego e ficou grata... mas estava ainda mais grata por aprender como Deus se encontra conosco enquanto esperamos, de maneiras que estão além do que podemos pedir ou imaginar... Às vezes, nos momentos mais desoladores, a Sua intervenção se manifesta... recebemos o emprego perfeito, a cura física, os recursos necessários, e a espera termina. Outras vezes, Deus opera o milagre em nós”. O ouro só se torna valioso quando as impurezas foram removidas no fogo. E Deus usa os tempos difíceis como um processo de refino para extrair o melhor de nós. Ele controla o calor, porque o Seu objetivo não é destruir você, mas desenvolvê-lo. Ele ajusta as medidas da prova à área da sua vida que precisa ser trabalhada, e à medida que você amadurece, Ele aumenta a intensidade. Os atletas começam treinando com pesos leves, e à medida que ficam mais fortes, eles progridem para pesos mais pesados. À medida que você cresce em Cristo, os obstáculos que um dia pareciam avassaladores serão compatíveis com o seu percurso.
Porção Diária: Leia Hb 9:1 – 11:16, Mc 6:45-56, Sl 75, Pv 11:23

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.