Descansar em Deus.

Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério. (Is 28.12.)
            Por que nos inquietarmos? De que serve a ansiedade? Estamos a bordo de uma embarcação que não seríamos capazes de pilotar, ainda que o grande Capitão nos colocasse ao leme; cujas velas nem sequer saberíamos manejar; e contudo nos inquietamos, como se fôssemos o capitão ou o timoneiro. Aquietemo-nos! Deus está no leme!
            Talvez pensemos que todo esse rumor e confusão que nos rodeiam são sinais de que Deus deixou o Seu trono. Mas não é verdade.
            Os corcéis de Deus avançam impetuosamente e a tempestade é o Seu carro; mas há um freio em suas queixadas, e Ele tem as rédeas em Suas mãos e guia-os como quer! Jeová ainda reina; creiamos nisso. Paz seja conosco! Não temamos. — C. H. Spurgeon
           Não devemos dar lugar ao desânimo. É uma tentação perigosa — uma cilada sutil do inimigo. A melancolia faz contrair-se e mur­char o coração, tornando-o incapaz de receber as impressões da gra­ça. Ela exagera as dificuldades e lhes dá um colorido falso, e o nosso fardo torna-se, assim, pesado demais. Os propósitos de Deus a nosso respeito, e os Seus métodos de realizar esses propósitos são infinita­mente sábios. — Madame Guyon

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.