Obediência adiada é desobediência.

  Naquele mesmo dia, como Deus lhe ordenara. (Gn 17.23.)
            A obediência imediata é o único tipo de obediência que existe: obediência adiada é desobediência. Todas as vezes que Deus nos chama a um dever, está-nos oferecendo uma aliança com Ele; desempenhar o dever é nossa parte, e Ele fará a Sua parte abençoando-nos ricamente.
            A única maneira de obedecermos é obedecer "naquele mesmo dia", como fez Abraão. De fato, nós muitas vezes adiamos o cumprimento de um dever, e então, mais tarde, o desempenhamos tão bem quanto podemos. Bem, é melhor fazer assim do que não fazer. Mas, por melhor que saia, não deixa de ser uma maneira pobre e deficiente de cumprir o dever.
            Um cumprimento adiado nunca pode trazer a bênção total que Deus pretendia dar-nos e que teríamos recebido, se cumpríssemos o dever o mais cedo possível.
            É uma pena o dano que causamos pela procrastinação, tanto a nós como a Deus e aos outros. "Naquele mesmo dia" é a maneira de a Bíblia nos dizer: "Faça-o agora." — Messages for the Morning Watch
            Lutero dizia que "o verdadeiro crente crucificará a pergunta: 'Por quê?' Ele obedecerá sem perguntar." Eu não quero ser daqueles que, se não virem sinais e prodígios, não crerão. Eu quero obedecer sem questionar.

Assine Agora.

Receba Estudos Biblicos diariamente no seu E-mail.